Câmara Municipal de Coronel Fabriciano

Você sabia? O Brasil detém a maior diversidade biológica do planeta.
Imprimir Email

Cidade

Presidentes de câmaras se unem para manter SAMU Regional no VA

por ACS/CMCF

06/04/2017 18:13

Encontro desta quinta foi realizado na Câmara Municipal de Coronel Fabriciano

Lideranças trabalham para que gestão do SAMU Regional fique com o Cisvales

CORONEL FABRICIANO – Em mais uma reunião mensal entre presidentes de câmaras municipais da região, realizada na tarde desta quinta-feira (06), os Chefes dos Poderes Legislativos de Coronel Fabriciano (Leandro Xingó, o Xingozinho/PSD), Ipatinga (Nardyello Rocha/PMDB) e Santana do Paraíso (Carlos Alberto Ramos, o Tilapinha/PTN) anunciaram a união de forças em torno da consolidação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) Regional no Vale do Aço – cuja implantação está marcada para o segundo semestre deste ano. A posição dos vereadores contraria o interesse, cogitado pelo Estado e pela Prefeitura de Governador Valadares, de junção, na gestão do SAMU Regional, entre o Consórcio Intermunicipal de Saúde dos Vales (Cisvales), sediado em Ipatinga, e o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência e Emergência do Leste de Minas (Consurge), cuja sede é no município valadarense.

O encontro desta quinta foi realizado na Câmara Municipal de Coronel Fabriciano. “Não temos nada contra a cidade e nem contra o povo de Governador Valadares, porém, a população do Vale do Aço é maior, temos aqui a gestão do Cisvales no atendimento direcionado aos municípios da nossa região e os recursos estão garantidos para o funcionamento do SAMU Regional no Vale do Aço. Se houver a extensão, o atendimento ao nosso povo seria comprometido. Portanto, não permitiremos esse prejuízo à nossa população”, enfatizou o Presidente Xingozinho. “Vamos buscar a devida interlocução nas mais diversas esferas públicas em favor dos interesses do Vale do Aço e das cidades vizinhas”, completou.

A atuação do SAMU Regional, prevista para ter início entre outubro e novembro deste ano, contemplará 35 municípios no Território Vale do Aço, o que equivale a quase 840 mil habitantes. O orçamento do Cisvales, aprovado junto ao Ministério da Saúde, é de R$ 34 milhões – valor já publicado no Diário Oficial da União. Os custos para o funcionamento do SAMU Regional seriam divididos entre União, Estado e Municípios.

“Essa união de forças é de suma importância para que o SAMU Regional não saia da nossa região, já que é um direito exclusivo do nosso povo”, frisou o Presidente Tilapinha.

O vereador Paulo Rodrigo (PR) também participou da reunião. O próximo encontro entre presidentes de câmaras municipais da região está marcado para o dia 08 de maio, às 14h, na Câmara Municipal de Santana do Paraíso.



Matérias relacionadas

    Final do corpo do documento e conteúdo da página